Skip to content

5 principais alimentos proibidos para cachorros

27/12/2019
alimentos proibidos para cachorro

A alimentação dos cachorros mudou muito com os anos, isso porque com o passar dos séculos, especialistas no assunto investiram em estudos que comprovam que os cães também devem ter uma alimentação apropriada, com uma série de cuidados especiais e que inclui uma dieta restritiva, que considere apenas a saúde e bem estar do seu filho de quatro patas.

Saber quais alimentos, que consumimos e dividimos com nossos pets, podem fazer mal à saúde do seu cãozinho é muito importante para criar uma alimentação restritiva para seu animal de estimação e melhor amigo, afinal de contas, existem alguns alimentos que podem afetar muito a saúde e bem estar do seu cachorro.

Muitos alimentos são proibidos para o consumo de cachorros, já que podem levar até a sua morte. Mas, para ajudá-lo a eliminar os riscos de que seu pet coma algum alimento que possa fazer mal para a sua saúde e bem estar, preparamos uma lista com 5 alimentos proibidos para cachorros. 

Confira os 5 alimentos proibidos para cachorros

Selecionamos abaixo alguns alimentos que são perigosos e que representam um grande risco à saúde dos cachorros. Vale reforçar que todos os alimentos citados, abaixo, podem causar intoxicação alimentar aos seus pets e causar até sua morte.

  1. Chocolate
  2. Abacate
  3. Massas
  4. Bebidas Alcoólicas
  5. Leite

Aprenda mais sobre estes 5 alimentos proibidos para cachorros e descubra por que eles podem fazer tanto mal ao seu cãozinho.

Chocolate

O chocolate é um alimento que faz muito mal e que pode causar intoxicação alimentar nos cãezinhos, isso porque o chocolate é um alimento que em sua composição conta com uma toxina chamada teobromina, que apesar de ser inofensiva para humanos, faz muito mal à saúde dos cães.

Quando esta toxina e é absorvida pelo organismo de um cachorro, ele pode apresentar diarreia, vômito, polidipsia, poliúria, excitação, tremores, taquicardia ou bradicardia, febre, respiração acelerada, convulsão, e em alguns casos, hemorragia intestinal.

Além do chocolate, outras guloseimas como doces, balas e chicletes também não são recomendadas para os cães, pois também podem causar grandes riscos a sua saúde.

Abacate

Apesar do abacate ser um fruto muito benéfico para os humanos, ele conta com uma toxina fungicida, intitulada persina, que é tóxica para cachorros e outros animais. Ou seja, o abacate pode causar intoxicação alimentar no seu cãozinho.

Ao ingerir abacate o cachorro pode apresentar sintomas de intoxicação gastrointestinais como vômitos, diarreia, desconforto, dilatação abdominal ou outros mais severos como respiração alterada e incômoda ou até dificuldade para respirar.

Algumas opções de frutas que se adaptadas e usadas com moderação podem sim ser inseridas na alimentação dos cães. O seu cachorro pode comer morango, banana, maçã, e outras.

Massas

As massas não devem fazer parte da alimentação dos cachorros, isso porque as mesma contam com fermento em sua composição. O fermento pode causar nos cachorros grande produção de gases, expansão do estômago, desconforto abdominal e possibilidade de ruptura intestinal.

Além disso, o fermento, elemento que está presente nas massas, também pode causar uma torção gástrica e resultar na morte do animal. Os sinais mais comuns que um cachorro com dor abdominal apresenta é a falta de apetite e dificuldade para se deitar e ficar inquieto.

Bebidas Alcoólicas

A ingestão de bebidas alcoólicas por cãezinhos pode causar uma variedade de problemas a saúde dos mesmos, uma vez que cachorros, assim como outros animais de pequeno porte, possuem um sistema digestivo sensível e que não são preparados para este tipo de bebida, que acabam sendo absorvidas rapidamente.

As bebidas alcoólicas podem comprometer muito o estômago dos cachorros, causando problemas como gastrite, úlcera, problemas renais, neurológicos e baixa imunidade. Além disso, os cães também podem ficar embriagados e ter perda da coordenação motora, fator que pode causar acidentes capazes de afetar o bem estar geral do animal.

Leite

O organismo dos cães são diferente do organismo dos humanos, então ao ingerir leite e seus derivados aos cachorros podem desenvolver uma doença chamada Pancreatite, uma inflamação séria do Pâncreas que pode ser bastante perigosa e dolorosa.

Além disso, os cãezinhos também podem apresentar doenças como brucelose canina, e caso ingira o leite puro também podem ter diarréia e distúrbios gastrointestinais. Deste modo, a ingestão de leite para cachorros é recomendada somente com orientação veterinária e mesmo assim para suprir alguma deficiência.

Em caso de ingestão de qualquer um dos alimentos citados acima, neste artigo, o mais recomendado é levar o seu filho de quatro patas e melhor amigo o quanto antes a um médico veterinário de confiança, para que ele passe por uma avaliação que resulte em uma orientação adequada ao caso dele.

Vale destacar, que existem muitos alimentos que não devem fazer parte da alimentação do seu cachorro, então, antes de investir em uma adequação alimentar para o seu cachorro procure orientações de um profissional qualificado. 

E sempre que seu cachorro apresentar sintomas incomuns leve-o a um médico veterinário.

Ir para o topo