Skip to content

Curiosidades

Curiosidades sobre pugs

Os pugs são criaturas encantadoras e peculiares.

Por ser uma raça cheia de características especiais quanto à sua anatomia e comportamento, esse cãozinho é cheio de manias – que podem derreter nossos corações ou nos deixar de cabelos em pé!

Dito isto, que tal conhecermos algumas 8 curiosidades sobre pugs? Dá só uma olhada!

1. Protagonizaram diversos momentos da história

Os pugs deram o que falar durante a história!

Essa raça é bem antiga, com os primeiros registros em 700 a.c., na China, onde, por sinal, eram considerados da realeza! Chique não?

Na Europa, eles foram retratados em obras de artistas ilustres como Hogarth e Goya. E um pug em especial ficou bem famosinho, o Fortune, nada mais nada menos do que o cão de companhia de Josephine Bonaparte, primeira esposa de Napoleão.

E em terras brazucas, o pug também ganhou destaque graças a uma linda cachorrinha da raça chamada Inés, que participou de uma novela da Rede Globo!

2. São preguiçosos… e gulosos!

Pug preguiçoso

Depois de adulto, o pug se torna um pouco preguiçoso e não gosta de se exercitar. Além disso, o bichinho é bem guloso. Não pode ver comida que já está lá com cara de pidão.

Essas duas características somadas podem levar o seu pug ao sobrepeso, já que estes cães têm tendência à obesidade.

Por isso, os tutores precisam incentivar atividades e brincadeiras e criar uma rotina de exercícios para que seu cãozinho possa se acostumar desde cedo com uma vida ativa.

Também é preciso controlar a quantidade de comida e petiscos que oferece ao seu pug.

3. Podem fazer xixi de um jeito peculiar

Essa é uma das curiosidades sobre pugs que pode soar um tanto bizarra.

Você já viu por aí vídeos de pugs fazendo xixi de um jeito meio estranho, como se estivesse plantando bananeira?

Então, na verdade, essa atitude não é exclusiva dos pugs, mas é apresentada por eles com frequência, e tem a ver com comportamento canino.

Quanto mais alta a marcação urinária, a impressão transmitida é que o cachorro é maior e mais forte e, por isso, merece mais recursos. Por isso os pugs levantam as pernas traseiras, em uma tentativa de se mostrar maior do que realmente são. Que danadinhos não?

Pug de barriga para cima

Esse comportamento pode ocorrer em machos e fêmeas e com cães de outras raças. Vale lembrar que cada cachorro tem as suas peculiaridades e motivos para ter tal atitude, mas em geral, a razão é marcação de território.

4. Sofrem com espirro reverso

Esta aí outra das curiosidades sobre pugs que mais intrigam – e preocupam – os tutores.

O espirro reverso, como o próprio nome diz, é uma espécie de espirro ao contrário. Ao invés do ar ser expulso pelas narinas do animal, ele é puxado com muita força e rapidez, fazendo um barulho de engasgo e que dá a horrível impressão de que seu pug está sufocando.

É um processo natural, que acontece em episódios aleatórios na vida dos cães e dura cerca de um a dois minutos (que parecem uma eternidade!).

Acomete cães de todas as raças, mas é mais comum nos pugs e outros cães braquicefálicos, graças ao seu “focinho achatado”.

5. Ah, teimosia… São muito teimosos!

Pug teimoso com óculos escuros e mostrando a língua

Chegamos a um ponto delicado sobre a personalidade desses amáveis e dóceis cãezinhos: são teimosos e geniosos!

Eles não são bravos, não são de briga, não latem muito, mas só fazem o que querem e quando querem!

Por isso, os tutores precisam ter muita paciência e persistência para fazer com que seu melhor amigo obedeça a comandos, mesmo os mais básicos.

Prepare-se, pois para adestrar um pug é preciso muitas repetições e muito estimulo.

6. Soltam muito pelo

Pode não parecer, já que estes cães são pequenos e possuem pelagem curta, mas os pugs soltam muito pelo!

Mas isso é comum em cães de pelagem curta e fina, por isso, a dica aqui é escovar diariamente com uma rasqueadeira para eliminar os pelos mortos e soltos.

Deste modo, você evita que os pelos se espalhem pela casa.

Outra dica é oferecer alimentos e usar produtos de higiene que ajudem no controle da queda, desde que indicados por um veterinário.

7. Se magoam fácil

Pug magoado

Os pugs são muito apegados aos seus tutores e como vimos acima, são bem geniosos.

Assim, estes cãezinhos não toleram ser contrariados ou mesmo levar broncas de seus tutores.

Eles são muito sensíveis e por serem tão companheiros, ficam tristes e magoados com qualquer repreensão que sofram.

Uma dica para não ferir os sentimentos do seu pug é não ficar mais de 10 minutos “bravo” ou sem falar com ele.

8. São péssimos nadadores!

Entre as curiosidades sobre pugs, esta é uma que pode te surpreender: pugs não sabem nadar!

Assim como todos os cães braquicéfalicos, eles não conseguem se manter por mais de um minuto na superfície da água.

Isso porque seus focinhos curtos e achatados, somado ao peso e formato da cabeça e outras características anatômicas fazem com que os pugs precisem de um esforço extra para conseguir flutuar na água, fazendo com que eles afundem depois de poucos segundos.

Curiosidades sobre pugs: eles não sabem nadar

Por isso, muito cuidado se sua casa tiver piscina, pois ao caírem na água, os pugs afundam rapidamente e podem se afogar em questão de poucos minutos.

Agora que você conhece todas as curiosidades sobre pugs, já pode aproveitar ao máximo a companhia apaixonante desses cãezinhos!

Você tem um pug? Identificou algum destes comportamentos curiosos no seu amigo? Quer saber mais curiosidades sobre pugs? Dá uma olhada nestes artigos!