Skip to content

Comportamento

Comportamento do pug: foto de um pug deitado

A personalidade e temperamento de um cãozinho diz muito sobre o comportamento dele em um ambiente, com pessoas estranhas ou outros animais. Está curioso para entender melhor como é o comportamento do pug?

Isso é muito importante para uma boa relação entre tutores e pets e essencial para quem está pensando em adquirir um pug.

Isso porque quando você conhece melhor o comportamento da raça, é mais fácil saber o quanto vocês serão compatíveis.

Veja a seguir mais detalhes do comportamento do pug!

Como o pug se comporta com a família

Os pugs são cães de personalidade amorosa e esbanjam amor entre todos os integrantes da família.

São cães de companhia e por isso, são bem grudados com as pessoas com as quais convivem, um verdadeiro chicletinho!

Inclusive, eles se dão bem até com pessoas estranhas, como visitas e pessoas que encontram na rua em passeios.

No entanto, essa característica do pug também tem um lado ruim. Eles não gostam nem um pouco de ficar sozinhos. Isso pode ser um problema se você mora sozinho e tem que deixar seu cãozinho muito tempo só.

O comportamento do pug com crianças e idosos

Comportamento do pug com crianças

Já deu para perceber que o pug é bem sociável né?

E com crianças e idosos não é diferente.

Este é um cãozinho que gosta muito de brincar, portanto, a combinação pug e criança costuma ser diversão garantida!

Pugs adultos também são uma excelente companhia para idosos, no entanto, enquanto filhotes, estes cãezinhos são bem agitados e costumam pular bastante, o que pode ser um problema para idosos mais debilitados.

Como o pug se comporta com outros animais

Pug com gato

O comportamento do pug com outros animais é bem tranquilo. Eles se dão bem com gatos e outros cachorros.

Só são um pouquinho ciumentos. Se for o caso do seu pug, ele provavelmente vai tentar chamar a sua atenção caso você comece a dar carinho para um outro animal.

Outras características comportamentais dos pugs

Os pugs tem outras características comportamentais curiosas.

Por exemplo, você sabia que estes cãezinhos são super gulosos? Se você deixar, eles vão comer o saco inteiro de ração!

Por isso, é preciso ter cuidado e oferecer a ele apenas a quantidade de ração indicada pelo seu veterinário, pois estes gorduchos têm tendência à obesidade.

E eles também não são muito de latir. Latem apenas o necessário e em tom bem grave, similar a um rosnado. Pode até parecer que seu pug está engasgado.

Esse comportamento do pug é bem legal para quem mora em apartamento, pois é um cão silencioso e que não incomodará os vizinhos.

Mas não é porque o pug é um cão silencioso que ele não é adepto de uma boa bagunça. Quando filhotes os pugs são bem bagunceiros e podem destruir alguns móveis e objetos. Mas depois que se tornam adultos, eles ficam mais tranquilos.

Aliás, o pug também não é nenhum exemplo no quesito obediência, sendo considerados “razoáveis” quando o assunto é adestramento e educação. Mas não se desespere! Com muito amor e paciência é totalmente possível educa-los.

Pug é tudo igual?

Três pugo olhando para frente

Claro que não! Aliás, nenhum ser é igual ao outro. Cada cãozinho nasce com uma personalidade única.

Cada raça tem um temperamento característico, mas cada cão também possui as suas particularidades.

O mais importante é amar o seu pug do jeitinho que ele é, pois é isso que o torna tão especial! ❤️

Veja outros artigos do nosso blog e saiba tudo sobre o comportamento do pug!