Skip to content

Primeiros cuidados com filhote de pug: vacinas, alimentação e banho

01/02/2019
filhote de pug

Se você acabou de adquirir um filhote de pug ou está pensando em comprar um e ainda tem muitas dúvidas, este artigo é para você.

Quando o filhote de pug chega é normal que a ansiedade dê lugar às dúvidas sobre os primeiros cuidados que se deve ter com o mais novo integrante da família.

E de fato, filhotes necessitam de atenção especial, pois são mais frágeis, já que ainda não tem o sistema imunológico totalmente desenvolvido.

Neste artigo, abordaremos algumas das principais dúvidas de tutores de primeira viagem, como vacinação, alimentação e higiene em filhotes de pug. Confira!

Calendário de vacinação: quais vacinas meu filhote de pug deve tomar?

Filhote de pug no veterinário

Um dos principais pontos de cuidado com um filhote de pug é o calendário de vacinação.

Duas vacinas são obrigatórias, independentemente do esquema de vacinação que seu veterinário resolver seguir. São elas a vacina múltipla (V8 ou V10) e a antirrábica.

A V8 ou V10 deve ser aplicada em 3 doses, com intervalos de 21 a 30 dias, sendo a primeira com 45 dias de vida. Depois, é necessária uma dose de reforço anual.

Levando em consideração que um bom canil entregará o seu pug filhote com 3 meses de idade, a maior parte das doses da vacina múltipla será aplicada pelo canil. É importante averiguar se elas foram realmente ministradas e solicitar os registros de vacinação.

Já a vacina antirrábica deve ser aplicada no filhote em dose única, quando ele tiver 16 semanas de idade. O reforço também é anual.

Também existem outras vacinas que podem ser ministradas de acordo com a indicação do seu veterinário ao analisar as particularidades de cada cão, como a vacina contra leishmaniose, tosse canina e giardíase, por exemplo.

Vale lembrar que para o seu filhote de pug ser vacinado, ele precisa estar saudável, no peso adequado e previamente vermifugado.

Importante: você só pode sair para passear com seu pug filhote ou deixa-lo interagir com outros pets após a aplicação da vacina múltipla e antirrábica.

Baixe a Carteirinha de Cuidados e Saúde do seu pug!

Com ela você controla as datas de vacinação e aplicação de antipulgas e vermífugo em um só lugar!

Alimentação: quando inserir a ração para meu pug?

filhotes de pug comendo ração

Quanto à alimentação, o desmame de filhotes de pug costuma ocorrer a partir do primeiro mês de vida, quando eles começam a se interessar por outros tipos de alimento.

É aí que começa a transição do leite materno para a ração. Como o filhote de pug tem dentes bem frágeis, o ideal é começar com uma ração úmida e mudar aos poucos, passando para a semi-úmida e depois para a ração seca, conforme os dentes vão ficando mais fortes.

É muito importante garantir que a ração seja específica para filhotes e das linhas Premium ou Super Premium.Rações destas linhas possuem um alto nível de qualidade e garantem o fornecimento de todos os nutrientes necessários para seu filhote.

Vale lembrar que a qualidade do alimento que você fornece ao seu cãozinho é muito importante durante toda a vida do seu pet, mas essencial enquanto filhote, visto que é uma fase de desenvolvimento.

Quando dar o primeiro banho em meu filhote de pug?

Filhote de pug tomando banho

Essa é uma questão que divide a opinião de especialistas, por isso, o melhor é perguntar ao seu veterinário de confiança.

O mais comum é que se espere de uma a duas semanas após a aplicação da última vacina para o primeiro “mergulho na banheira”.

O que é importante saber é que o primeiro banho nunca deve ser dado antes do desmame, pois o sistema imunológico do filhote não está completamente desenvolvido, tornando-o mais frágil e suscetível a doenças.

Além disso, filhotes muito novos ainda não sabem regular bema temperatura do corpo e um banho poderia causar hipotermia. Também existe a possibilidade de causar rejeição por parte da mãe, já que ela não conseguiria identificar o cheiro do filhote como “familiar”.

Quando a hora do primeiro banho chegar, o ideal é que ele seja dado em um pet shop especializado.

Se você resolver dar o banho em casa, use produtos adequados para filhote e indicados pelo seu veterinário, deixe a água em temperatura agradável e seque bem o seu filhote de pug para que ele não tenha uma hipotermia ou desenvolva algum tipo de alergia dermatológica causada pela umidade nas dobras da sua pele.

Além do banho, é sempre importante manter uma escovação semanal, a fim de remover os pelos mortos, pois pugs soltam muito pelo.

Estes são apenas os primeiros cuidados que você deve ter como seu filhote de pug, afinal, esta é uma fase bastante frágil e importante para o seu cãozinho. E por esta fragilidade, é muito importante sempre consultar um veterinário antes de qualquer ação com o seu filhote.

Aliás, as consultas ao veterinário são importantes durante toda a vida do pug. Como já dissemos aqui no blog, cães desta raça demandam muitos cuidados em todas as fases da vida, pois são cachorros que apresentam propensão a alguns problemas de saúde. Para saber mais, veja nossos artigos sobre cuidados e saúde do pug!

Ir para o topo